22 de set de 2010

Bebê que dorme com os pais.

Então... volta e meia estou aqui falando das dificuldades que temos na hora de colocar nossos bebês para dormir .

O Pedro graças à Deus é um reloginho, desde que nasceu dorme sem problemas todos os dias entre 20h30 e 21h. Isso não abro mão e também já comentei que o sucesso disso está na rotina, em fazer todo dia tudo do mesmo jeito, alimentação, banhinho e cama.
O problema aqui em casa é outro, o Pedro ainda dorme no nosso quarto, com 2 anos de idade. Não é fácil para mim e tenho certeza que para outros país que vivem a mesma situação. Eu já tentei umas vezes, não tive sucesso e confesso que acomodei.

Mas a minha avaliação é que parte do problema está mesmo na COMODIDADE.

Isso mesmo! Antes eu vivia falando que o Pedro tinha tal mania, tinha um jeito só dele. Mas esses dias parei para pensar e todas as manias do Pedro fui eu quem coloquei, e essa de dormir no quarto com a gente eu assumo a responsabilidade. Fomos nós que achamos mais fácil assim, por uma série de motivos:

1º - Foi pura preguiça nossa de ficar levantando para ir no quarto dele quando ele chorava de madrugada. Por isso acabamos colocando um bercinho no nosso quarto, que depois evoluiu para uma cama paralela a nossa.
2º - Ele sempre dorme sozinho se estiver na nossa cama com a gente, sem precisar de nenhum esforço extra. Sem choro, sem drama.
3º - Ficar com a gente na nossa cama mesmo após dormir - é pura saudades dele que a gente fica, e vontade de ficar pertinho. Não há nada melhor que acordar de madrugada, poder cobrir ele direitinho, sentir a respiração. Tem seus prós, com certeza.

Só que a conclusão que chego é que essas coisas são frutos de "atalhos" que criamos na educação e que depois vira um problemão para resolver. Como o nosso caso agora.
Por mais gostoso que seja estar com ele a noite toda, prejudica muito o casal, interefer muito na vida a dois e os papéis ficam meio atrapalhados.

Estimo resolver isso em breve, estou adiando faz muito tempo e agora sinto que o Pedro já está preparado para isso.

Quando tiver resultados conto pra vocês.
beijos, Mey

11 comentários:

Cele disse...

Oi Mey, hj estou indo pra 5°noite da Maria Luise durmindo n quarto dela sozinha.Ainda vou escrever bem detalhado sobre isso no meu blog, e é be como vc falou: um drama!Ela tem 6 meses e 25 dias, e chegou um ponto deu passar a noite fazendo-a durmir...como é isso?uma neurose.QUinta passa eu me vi louca na madrugada neurótica literalmente!!!Minha filha se simplesmente näo sabia se fazer durmir, pegar no sono sozinha eu tinha que tah embalando no colo, que tal??resolvi ser radical e contei com maridäo.Ela nao queria peito, largou fácil numa noite a mamada, mas o colo ainda tô no processo, o resultado conto des no eu blog.Passei pra te deixar energia positiva e forca, pq é bem como vc disse: nós colocamos os hábitos nos nossos filhos, bons ou ruins, eles absorvem tudo como esponja.Näo use a palara culpa, sim responsável, fica melhor, menos pesada, afinal nós mäes vamos sempre errar, tentando fazer o melhor pros nossos filhos:-)Um beijo!E boa sorte pra gente!

Mamy e Bella disse...

Adorei a postagem a minha tem 6 meses e adora o meu aconchego, mas ta na hora de dar um basta e acostuma-la com seu cantinho. É dificil ela só quer dormir com a gente. e Ja criei um cronograma com a rotina dela.

Anônimo disse...

Mey,como sabe tenho o mesmo problema o Mateus ta no nosso quarto atééé hj so que o problema é meu nao dele eu gosto de sentir o cheirinho dele de v~e que ta dormindo ...aiaiaia ,pior o quarto dele é uma delicia.
mais tenho fé que alguma segunda-feira coloco ele no quarto.
bjos Magda Hanna

Dani Alves disse...

Meyriele adoro seu site, suas dicas, postagens. pra mim estão sendo e serão de grande valia.
quanto a dormir no quarto, a giovanna quase sempre dorme e depois passamos ela pro quartinho dela. por enquanto não vejo contras nisso. em nada tem prejudicado minha intimidade com meu esposo. quando sentimos muita saudade dela, deixamos ela dormir com a gente. quando fica enjoadinha, dengosa. enfim........... o dia que conseguir resolver também te conto

beijos.

Dani

Fernanda Antunes disse...

Mey,
Deixei um selinho pra vc no meu blog!
Beijos querida

Danimi disse...

Tenha fé!!! rsss vai dar certo!
Sabe o que é melhor do que acordar e sentir o cheiro do filho na cama? É saber que ele está ÓTIMO conseguindo ser independente na medida certa, sem ter pavor de ficar só consigo mesmo, q ele interpreta a individualidade com prazer.

Outro dia acordei de manhã com um barulho estranho! "Será que tem alguém batendo palmas no meu portão? Mas o portão é longe ..."
Era o Davi que tinha acordado as 8 hs da manhã e estava se divertindo no berço, batendo palmas pra acompanhar alguma "música".
Pode?? Achei a coisinha mais bunitinha vendo ele se divertir no "mundinho" dele.

Vc vai conseguir, amiga!

Força!

Bjks, inté

Shilola disse...

É gata...
Eles são programados por nós... :S
E apesar da minha pequena estar dormindo no berço (excluso alguns dias muito punks que eu a deixo no carrinho ao lado da minha cama), mas continuo com a naninha no colo antes de pô-la no berço...
Ai Mey... Não é fácil mudar alguns hábitos, mas com certeza conseguiremos! :D
Força na peruca aí, flor!
Bjocas,
Carol

Eu e MEUS 3 AMORes disse...

Mey,
parece que vc estava falando de mim nesse post.rrss Mas seguinte, eu achei uma "solução" que não é a mais correta porém a mais sensata.
Deixei tudo como está e mudei com meu marido.
Temos um outro quarto vago na casa, e namoramos lá de vez em quando ou depois que ele dorme ficamos juntinhos no sofá. Aproveito para fazer uma massagem nele, enfim...parei de me cobrar e de me estressar com isso porque criar rotina e educar certinho deveríamos ter feito bem antes, agora temos que esperar o tempo dele para as coisas mudarem e mudam viu! Antes ele só dormia no meu braço, quase morri de dor, hoje ele fica um pouquinho e quando está quase dormindo ele mesmo vai para o berço que é encostado na nossa cama. Ou seja, eles crescem, evoluem e não vai ser uma cama compartilhada que vai estragar tudo isso. Existem muitos outros fatores que fazem uma criança crescer segura e autoconfiante. Parei de ouvir e me preocupar com as críticas e acredite, tudo começou a fluir mais naturalmente. Sim, não foi legal ter preguiça né?..rsrs..mas agora não adianta querer resolver com métodos milagrosos...pelo menos no meu caso.
O meu outro pequeno de apenas 2 mese dorme sozinho e no bercinho dele sem eu forçar nada. Coloco ele lá e pronto ele dorme. Acho que cada criança tem sua necessidade e o Daniel sempre foi chorão e nervoso, não acho que dormir com a gente tenha piorado isso. Dsculpe o tamanho do comentário..rsrs..me empolguei qdo vi alguém na mesma situação que eu ..rss.

bjsss

Ana Lucia disse...

Mey, sobre esse post nã tenho observações. Pois meu menino dorme no berço desde o 1° dia, resisti aos choros e manhas.
O que eu gostaria que vc relatasse como foi a tirada da Pedro da fralda e da mamadeira. Pois o Gui tem a mesma idade do Pedro, qdo começar o verão começarei esse processo de retirada da fralda.
Linda a festa de 2 anos e as fotos!!
Com carinho, Ana Lucia

Mey disse...

Ana Lúcia, tudo bem? Então... sobre a fralda e a mamadeira eu deixei esse assunto de lado por um tempo, estou aguardando sinais do Pedro, principalmente para a fralda. Tive uma consulta com o pediatra dele e coloquei minha preocupação. Ele me orientou que no caso da fralda o próprio Pedro iria me dar sinais que estava pronto. Já tenho notado isso, ele tem tirado a fralda durante o dia e tem brincado que faz xixi no vaso. No caso da mamadeira o médico dele me perguntou qual problema eu via na mamadeira. Para eu deixar ele mamar mais um tempo que isso não ia prejudicar em nada o desenvolvimento dele, desde que não ultrapassasse 2 mamadas por dia. Então desencanei. Vou deixar que o tempo vá me indicando o melhor momento. beijinhos!

Rafaely disse...

Olá!
Sempre acompanho seu blog e muitas vezes copio umas coisinhas legais do seu para o meu!
Qto a esse post, graças a Deus (e a minha mãe), nunca caí nessa "armadilha do coração" de deixar meu filhote dormir comigo, mesmo bebezinho! Desde recém-nascido, ele dorme no bercinho dele, sempre me levantei para ir ao quarto dele dar de mamar, qtas vezes fossem... e hoje (com 1 ano e 7 meses) eu o coloco ainda acordado no berço, fico conversando com ele, rezo, e ele dorme sozinho... como um anjo, a noite toda... e acorda nos chamando. Sempre usei a babá eletrônica e nunca tive problema!
Não sei como vc consegue ter vida de casal... pois a vida do casal já muda muito depois da chegada dos filhos, e se até na hora de dormir eles estão presentes... Bom, essa é a hora que mais curto com meu marido. O Gustavo tb dorme no máximo 20:30, então temos um bom tempo para um jantarzinho, um vinho, namorar... bjs