14 de dez de 2014

Para engravidar: fé


"Fé é a certeza das coisas que não vemos, mas cremos."


Oi amigas tentantes, 

Hoje escrevo esse post para vocês que esperam pela bênção de ser mãe. Quero compartilhar com vocês que quando eu decidi que era hora de ser mãe, Deus ainda não achava que era o tempo certo e foi difícil esperar e entender, mas foi exatamente nessa época que a minha fé foi formada e quando o propósito de Deus se cumpriu na minha vida, eu me tornei mãe do meu primeiro filho, o Pedro e hoje também tenho a Marina. Dois filhos maravilhosos, saudáveis e o exemplo da misericórdia de Deus na minha vida. 

Eu sei que muitas vezes essa espera parece não ter fim, mas quero animar vocês que creiam que a promessa de Deus será cumprida e que logo estarão com seus bebezinhos. 

Aqui no blog tem a minha estória antes de engravidar e também de algumas amigas minhas, que pela fé alcançaram vitória. 

Anime-se nesse dia de hoje é creiam que Deus faz sempre o melhor e no tempo apropriado. 

Fiquem com Deus e se quiserem deixar o nome nos comentários, vou orar por vocês. 🙌

Beijos, com carinho, Mey

25 de nov de 2014

Dança com bebês





Oi Mamães, tudo bem? 

Saudades de compartilhar aqui com vocês. Hoje vim trazer uma dica bem legal, dança com bebês.
Esses dias, estava na farmácia e encontrei uma colega do trabalho com o seu bebê de 4 meses, super fofinho no canguru. Observei ele tão confortável, calminho e perguntei para ela o segredo, pois meus filhos nunca gostaram de ficar numa posição só é sempre foram bem agitados. Daí ela me contou que estava fazendo dança com ele. Fiquei super curiosa e empolgada para saber mais sobre a novidade e ela me mandou um e-mail com o contato do lugar. 

Achei super interessante ter aqui na minha cidade, Uberlândia, esse tipo de novidade. Pode parecer bem habitual para as mamães das grandes cidades, mas por aqui é muito recente essas boas novas. 
A dança de mãe/bebê acontece na Ana Zanesco (www.anazanesco.com.br), um lugar de interação para mamães e seus bebês de forma bem descontraída. Uma oportunidade para dançar com o bebê fortalecer vínculo, exercitar a consciência corporal e trocar experiências com outras mães. Achei incrível! É o mais legal é que as mamães gravidinhas também podem fazer. 


Mas por que é tão legal dançar com o bebê?
Bebês no ventre e bebês de colo gostam do embalo e balanço da dança, se divertem com os movimentos e se nutrem, juntamente com a mãe, desses momentos de descontração, leveza e bem estar. A dança acalma, cria vínculo e promove a socialização. 

E vocês? O que acharam da novidade? Borá bailar com nossos bebês, seja numa academia ou em casa mesmo, não
deixe de bailar. 

Beijos, Mey


31 de out de 2014

Alô Bebê em Uberlândia

Oi Gente! 

Hoje trago para as mamães de Uberlândia uma super novidade: a Alô Bebê acaba de chegar em nossa cidade e está instalada no Uberlândia Shopping. 

Estive lá na semana passada e fiz a festa. Eu que sempre visitava as lojas de São Paulo e comprava no site, agora estou super animada de ter uma loja física aqui na cidade. E uma loja enorme, recheada de produtos, desde o enxoval de bebê até roupas e brinquedos para maiorzinhos como o Pedro e a Marina. 

Eu passei em cada sessão, é uma loja inacreditável, na época do enxoval do Pedro comprei muita coisa lá. 

Confira aqui o que encontrei na loja: 



Roupas para todas as idades, desde roupinhas para bebê até vestidinhos e conjuntos para meninos e meninas. 




Roupas de banho, cuecas e calcinhas. Conjuntos de recém-nascidos, sapatinhos.


Mamadeiras, copos de treinamento, copos diversos, pratinhos lindos e chupetas de todas as marcas possíveis. 


Brinquedos para todas a faixa etária com preço bem camarada. 

Para as mamães que estão fazendo enxoval, lá tem absolutamente tudo que precisa, desde kits berços lindos a mala da maternidade. 

Lá você também encontra aqueles tapetões lindos e super educativos, além de grades de segurança de vários modelos e tamanhos. 

 
Está procurando carrinho de bebê e bebê conforto!? Eu fiquei louca com a variedade de opções. 





Também tem cadeirão, banheiras e vários tipos de benços desmontáveis. 
 
Aproveitei que fui comprar o presente de aniversário da Marina, um tricículo da Bandeirante, que saiu R$50,00 mais barato que outras lojas, e comprei um monte de roupinhas para o Pedro e a Marina. Estava tudo com preço ótimo e eu não resisti. 




O atendimento é uma coisa de tão fofo! 
A Cristina me atendeu super bem, me mostrou 
a loja toda. Super atenciosa e disponível. 
Estou encantada, tanto que resolvi fazer esse post para celebrar que agora temos mais uma opção de loja infantil na cidade.


Quem ainda não conhece, dá uma passadinha!!!! Vale a pena! 

Beijos, Mey

2 de jun de 2014

Inesquecíveis dias!


Oi Gente!

Esse fim de semana fomos para a Fazenda do meu Pai. Passeio curtinho, chegamos na sexta a noite e voltamos no domingo após o almoço. A viagem é longa até o Mato Grosso do Sul e é sempre um pulo lá, outro cá, como dizemos aqui em Minas, mas tão intenso e significativo, que guardaremos esses inesquecíveis dias sempre no coração, em especial as crianças. 

Essa foi a primeira vez que o Pedro andou de cavalo sozinho, sem alguém segurar as rédeas e teve uma primeira aula de viola com o Vovô Divino. Já a Marina, foi a primeira vez que ela esteve na fazenda andando é até correu na imensa varanda, no pasto e na rampinha que sai dos quartos para a sala. 





Brincaram com a prima Amanda, e foi bom ver ela chamando por eles e eles por ela, mostra que os vínculos da nova geração dos Silveiras já estão firmados. 
Eu encho os olhos e o coração com essas coisas. A família é tudo para mim.

Só tenho a agradecer a Deus por esses momentos. Obrigada Senhor! 

Boa semana Queridas! 
Com carinho, Mey







29 de mai de 2014

Ciúmes entre irmãos, como lidar?


Oi Mamães! 

Quero compartilhar com vocês um momento particular que tenho vivido na maternidade. Nessa nova fase de mãe de dois eu tenho enfrentado muitas dificuldades com o ciúmes das crianças, em particular do Pedro com a Marina. Ele tem sofrido com a chegada da irmã e a divisão da atenção, pois na verdade não tem como manter o mesmo nível de atenção dedicada para ele como era antes. Acostumei ele "mal", não no sentido da palavra, mas acho que acabei não preparando ele para a chegada da irmã. Acho que eu me preparei como
deveria para isso. 

Nesses 20 meses da Marina eu percebo que o ciúmes do Pedro evoluiu. As vezes melhora, as vezes piora, mas no resumo acho que tem aumentado mais e eu cada vez mais perdida. A fase atual dele é de muito questionamento e o tempo que dedico só para ele, o tempo que dedico para a Marina tem sido bem questionado por ele. Ele quer atenção exclusiva as vezes e nem sempre é possível, mesmo que em muitas vezes eu acabo reduzindo o tempo com a Marina para ficar só com ele, pois estar com os dois juntos não é suficiente para ele, já que as brincadeiras nem sempre coincidem pela diferença de idade dos dois.

Eu fico super perdida, as vezes passo o dia todo dedicada a eles, separo tempo para interagir com os dois e depois fico um tempo separado com cada um e no final do dia o Pedro está sempre dizendo que não fiquei com ele é que só fiz isso ou aquilo com a Marina. E isso segue no meio de semana também, me organizo para tentar dedicar ao máximo. Mas no
final tudo que fizemos juntos não adianta para ele, ainda fico devendo. 

Enfim, é um desabafo Amigas Mamães. Não tenho conclusões, apenas me sinto incapaz, cansada, extremamente angustiada e reflexiva do que poderia ser melhor. De onde poderia ter estado mais presente, o que poderia ter feito melhor, onde errei. Sei bem que é uma fase e que estamos todos aprendendo juntos essa nova e abençoada fase, daí eu oro, peço a Deus para me capacitar, para me fortalecer e sei que Ele vai me instruindo.

#confusõesmaternas

De coração aberto, Mey

13 de mai de 2014

Saudades do blog


Oi gente! 

Nossa, eu não escrevo aqui tem um tempo. E tempo tem sido justamente o problema. Agora com dois filhos fica difícil ter um tempo para concentrar e dedicar a escrever, então acabo me limitando as "pílulas" da minha rotina materna lá no meu instagram mey_bbpontocom, hoje com mais de 3 mil seguidoras, mais de 80% são mães. 

É fato que ter dois filhos consome uma energia e suporte emocional que me preenche o tempo todo. Ser mãe requer muita dedicação e mãe de dois, que ainda trabalha fora e gerencia a casa é ainda mais corrido. Ainda estou tentando me organizar e aprendendo muito com isso. Mas posso garantir, não troco minha vida por nada. Estou realizada com meus dois diamantes. Deus foi muito generoso comigo! 

Bom, estou tentando retornar ao blog, colocar as postagens antigas em dia, principalmente as que falam da Marina, pois acabei não escrevendo muita coisa sobre ela e como é especial ser mãe dessa menina linda, de olhos grandes e amendoados. 
Também quer atualizar aqui o quanto o Pedro cresceu e desenvolveu psicologia e emocionalmente. É um menino sensacional, um ser humano que a cada dia que passo mais amo e admiro. 

Vou me esforçar para fazer pelo menos um post por semana, com o incentivo de vocês vou voltando aos poucos.

Com carinho, Mey