17 de set de 2010

Será que estou grávida mesmo?

Olá meninas! Tudo bem?

Quero trocar figurinhas com vocês sobre um assunto muito importante: a dúvida que bate quando recebemos o resultado de exame dizendo que estamos grávidas.

Passei por isso quando fiquei grávida do Pedro.
Eu recebi a confirmação da gravidez no exame, fui ao médico, fiz ultrassom e tinha um medo enorme de não estar grávida, ou de perder.

Isso tudo porque eu não sentia nada diferente, pesquisava na internet sobre sintomas e via uma lista de coisas que "deveria" sentir e não sentia nada além de uma ligeira cólica, o que me preocupava ainda mais.
Foi um sofrimento pra mim, uma angústia sem fim, que durou por várias semanas, até que minha barriga começasse a crescer e as ultrassons já me mostravam a formação perfeita dele.

Pode parecer coisa de gente doida, ou com pouca fé, mas sofri muito no começo da minha gravidez e sei que muitas mulheres também passam por isso.

A primeira dica que dou é ter um bom médico. Um profissional que você confie e que compartilhe da sua angústia, que de dê ferramentas para garantir que está tudo bem com o bebê e com a gestação.
Faça quantos ultrassons for necessário para que fique tranquila, melhor fazer exames do que ficar angustiada, isso não fará bem ao bebê.
Não fique procurando coisas na internet, isso pode te confundir ainda mais, porque cada mulher tem um tipo de gravidez. Eu por exemplo, passei os 9 meses sem ter um enjôo se quer, sem sentir nada, nada, nada. Tem mulheres que até "menstruam" durante as primeiras semanas de gravidez.
A orientação tem que vir do seu médico, ligue para ele sempre que tiver dúvidas.

Lembre-se que é profundamente normal a insegurança, o medo.
Não se culpe e não deixe que ninguém questione os seus sentimentos.
Tente ignorar os conselhos que não agregam nada ao seu estado, muita gente tem um monte de receitas que só servem para elas mesmas.
No comecinho, tente contar sobre a gravidez apenas para as pessoas mais chegadas, pessoas que vão te dar apoio e te entender.
Siga os seus instintos.

E o mais importante: busque em Deus força e entendimento para esse momentos. Leia a bíblia, lá estão todas as promessas que você precisa saber para ter certeza que sua gravidez é real.

Se quiserem trocar figurinha sobre isso, estou por aqui.

beijos, Mey

Nenhum comentário: