9 de fev de 2011

Os primeiros dias de aulas do Pedro e uma gripe forte

Olá Meninas!
Estou sumida como sempre, mas arrumei um tempinho para escrever a experiência dos primeiros dias de aula do meu pequenininho.
Semana passada o Pedro começou a escolinha, no primeiro dia levei ele só pra conhecer a professora o lugar e foi muito legal. Ele amou a escolinha, os brinquedos, as salinhas e interagiu bem legal com a Tia Livia. Saí de lá bem confiante.



No primeiro dia de aula, eis a questão, ele chegou lá com aquele tanto de crianças chorando e ficou meio inseguro. Como a escolinha tem muitos amiguinhos daqui do condomínio, ele via os amiguinhos chorando e começava a chorar também. Confesso que foi bem difícil deixar ele lá. Tentei implementar o método de postei aqui, de ficar a primeira hora de fora da sala olhando, mas quem disse que consegui?
Ele queria só colo, agarrava em mim e pronto. Até que, com jeitinho, a professora começou a conquistar ele e quando vi ele já estava no colo dela brincando.

Saí da sala e fiquei mais uma hora e meia de fora olhando sem deixar que ele me visse, parecia criança brincando de esconde-esconde. Vi que ele me procurou, chorou, mas logo parou de chorar. Mas só quis ficar no colo da Tia. Fui para o trabalho meio tristinha, com aquela dúvida se estou fazendo a coisa certa. Não é fácil essa fase.
Quando fui buscar, veio ele chorando ao me ver, como se me punisse por ter ficado longe aquele tempo. Mostrei firmesa e entusiasmo para que ele visse que a Mamãe estava confiante.

Nos outros dias, não foi muito diferente, exceto pelo caso de que eu achei melhor ser bem transparente com ele na hora de ir, contanto que ele ia brincar com os coleguinhas, que eu ia trabalhar e já voltava. Muito choro e eu deixava ele com o coração bem duvidoso. Coração de mãe é mole. Não adianta todo mundo que eu encontrava me dizer que logo ele se acostuma, fico super comovida e pensativa se é a idade certa.

Mesmo assim, cumprimos a semana e na sexta o meu marido que levou. Não foi diferente, ele chorou quando ele saiu, mas logo parou e brincou o dia todo. Voltando a chorar na hora que fomos buscar.

Essa semana, o Pedro não foi nenhum dia na aula. Ele pegou uma gripe, que evoluiu para faringite bem forte e estamos nós a algumas noites pelejando com ele. Levamos ao Dr. Marco Sallum e ele me disse que será comum essas gripes e viroses. Que fará parte da construção da imunidade dele e dessa nova fase.
Para mim a imunidade dele é ótima, um menino que não gripava a mais de 9 meses, que tem uma saúde de ferro (glória à Deus). Mas vamos lá, faz parte da vidinha dele e não quero criar meu filho em uma redoma de vidro, crio ele com a consciência que ele não é meu e de Deus.

Enfim, essa fase está sendo de adaptação para todos nós aqui em casa. Principalmente pra mim, ainda estou me questionando se é a melhor escola, se estou confiante que será bom para o Pedro. Por enquanto, estou apostando que sim.

Para essa semana, tenho a meta de discutir minhas dúvidas com a pedagoga da escola dele e tomar muitas opiniões de todas vocês. Assim, me sentirei mais tranquila.


com carinho, Mey

6 comentários:

Ana disse...

Nossa Mey imagino que não deve ser nada fácil mesmo. Li o post da Carol e o seu, e acho que quando chegar a minha vez vai ser a mesma mistura de sentimentos. Estive em umas escolas com uma amiga que vai matricular a filha e gostei muito de duas em especial. Acho que hoje as escolas estão bem estruturadas e com equipes muito preparadas. Acredito que logo o Pedro se acostuma e vai reclamar é quando ficar de férias com saudade da escolinha! um bjo

Sandra Hellen disse...

Mey, que bom ter notícias de vocês!!
Bem, tenho uma mãe Pedagoga e sou Psicóloga. Já trabalhei durante alguns anos passados em escola e vi essa cena do choro se repetir por váriassss vezes...e algumas vezes o choro era de ambas as partes, pais e filhos chorando!! :-)

Com certeza por ser uma fase de adaptação é uma fase dificil. Requer esforços de amabas as partes, mas logo, logo o Pedro vai assimilando a escola como "um tempo para brincar longe da mamãe" e não como "abandono", que é como geralmente as crianças sentem no início.
Por incrivel que pareça eu ainda lembro muitooo bem do meu primeiro dia de aula, e olha que eu já tinha 6 anos heim!? Chorei horrores, me senti abandonada e na hora de desenhar só sabia desenhar minha familia...não queria ir mais para a escola. Como foi minha mãe que me alfabetizou demorei a ter essa socialização com outras crianças e confesso que sofri por isso...

Espero que com o tempo você não tenha dúvidas de que está fazendo o melhor por seu filhote!!! E que o Pedro possa curtir de montão essa nova fase!!

Beijos mil

Maria Betânia Fuller disse...

Mey te compreendo demais. Penso já bastante quando chegar esse momento. Eu teria que deixá-la numa creche 1 vez por semana, para fazer um curso, mas como nãos eria da menira correta, e não tive nenhum suporte do marido para que fosse, voltei atrás sem inesitar. Ela irá quando eu ter certeza que será o momento certo e de forma correta. Sobre a imunidade é bem assim mesmo, desde que começei levar a Lana para os Playgroups ela contraiu gripe, roséola (se foi), é normal.
Beijos amiga.

Cristina... disse...

Olá Mey,acompanho o seu blog antes mesmo do Pedro nascer,meu filho é 9 dias mas velho que ele,eu também pensei em colocar ele na escolinha nesse ano,visitei varias aqui em Brasilia.Li,pesquisei muito sobre o assunto,mas no fundo do meu coração não senti que era o momento e resolvi esperar mas um pouco...Mas tudo depende,cada criança é unica,siga seu coração...e tudo vai dar certo...bjim

Márcia disse...

Amiga fica tranquila que logo esta fase passa, vc vai ver daqui uns dias o Pedro vai até pedir para ir para escola, este começo e meio dificil mais e necessário... Quanto ao fato dele ter ficado doentinho, amiga é normal, pois a criança acaba entrando em contato com muitas crianças, mais tem um lado bom nesta história, a criança com o tempo acaba ficando mais resistente, a imunidade dele acaba aumentando.. mais pacienca pois vale a pena...
Obs. Te liguei esta semana para saber do Pedro, mais vc devia estar em reunião...
de qualquer maneira fica com Deus, nao se esqueça sempre de declarar que em nome da autoridade de Deus seu filho já foi curado.
Beijinhos
Márcia

Tatiana Andrade disse...

Mey minha linda, tudo bem? Nossa, sei como deve estar sendo com o Pedro tendo dificuldade de se adaptar na escolinha e depois ele ficar doentinho. Na escolinha tudo foi bem comigo, entrei e saí bem com meus dois lindinhos. Mas sábado o Gui teve princípio de febre e ele não foi hoje, mas a My sim e o Fernando foi acompanhá-la, e meu filho piorou um pouco, também tive que o levar ao pediatra e acho que você tem razão, não ficar doentinho há mais de 9 meses e agora ficar? Nossa! Espero que tudo dê certo pra você nesta nova fase de seu pequeno.
Beijo, Tati.