11 de mar de 2013

Viajar com crianças: dicas para arrumar as malas


Oi Amigas!

Enfim chegaram as nossas férias. Estou aqui em meio a uma bagunça sem fim, tentando arrumar as malas, cuidar da Marina, assessorar o Pedro, que já está tão independente que a palavra que encontrei é essa: assessorar. Muito grandinho, meu rapaz.

Confesso que só de pensar na tralha que tenho que levar para a viagem eu já desanimo. Mas quem tem bebê e crianças sabe que não tem como fugir disso. E olha que estou sendo bem mais prática do que a primeira vez que viajei com o Pedro bebê, acho que levei a casa toda junto.

A primeira viagem da Marina será para praia. Ousado né? Pais de segunda viagem são bem mais corajosos. O Pedro viu o mar a primeira vez com 1 ano e meio e fez a primeira viagem com quase 6 meses para a casa dos Avós no Mato Grosso do Sul.

Em meio a arrumação das coisas, tive a idéia de compartilhar com vocês algumas dicas do que não pode faltar em viagens com bebês e crianças:

Fraldas descartáveis:
- Leve somente o necessário para trocar o bebê durante o trajeto. Quando chegar no destino vá a um supermercado ou drogaria e compre a quantidade que vai usar na estadia e na volta, pois ocupa muito espaço na mala.

Não economize na farmacinha
- Monte uma caixinha com todos os remédios de uso da família, incluindo antitérmicos e dor (levo 3 opções, caso precise revezar), pomadas (assaduras, picadas, bactericida, aftas, contusões, queimaduras de sol...), repelente, curativos adesivos, spray para machucados, soro fisiológico, termômetro, sugador nasal, xarope para tosse, remédio para vômito e náuseas. Enfim, todos os medicamentos que normalmente vocês fazem uso em casa.

Filtro solar
- Não importa se vai para a praia, campo ou cidade, o filtro solar é item básico e indispensável para qualquer viagem. Lembrando que para bebês de menos de 6 meses - caso da Marina, o pediatra deve ser consultado. A indicação do nosso foi o Episol. Para os maiorzinhos uma loção pós-sol é fundamental para hidratar a pele após horas de piscina.

Documentos da família
- É muito importante separar um envelope com RG, certidão de nascimento, certidão de casamento, cartões de vacina e se a viagem for internacional - os passaportes.

Quantidade de roupas
- Aqui eu tenho dificuldade, não sou de economizar, pois bebês e crianças sujam muita roupa, considero 2 trocas por dia para cada um e para Marina levo uns bodys extras. Mesmo que esteja um calor de rachar é bom levar agasalho, sapato fechado, mesmo que for para o litoral.

Roupas de cama, banho e berço para bebê
- Certifique se o hotel ou lugar que vão ficar tem roupa de cama e toalhas de banho e piscina. 99% tem, mas melhor não ter surpresa. Não compensa levar berço desmontável, aqui em casa, na dúvida, dorme na cama com a gente.

Banheira para bebê
- A gente compra aquelas piscinas infláveis pequenas, quando quer usar é só encher de ar.

Mamadeiras e utensílios de cozinha
- Esses eu levo o que preciso. Mamadeiras extras e garrafa térmica (muitas vezes as copas da mamãe ficam longe do quarto.) A Marina ainda mama no peito e prático mesmo é isso. O Pedro ainda mama mamadeira ao dormir e acordar (estou prolongando para ele não deixar de tomar leite), mas quando ele era bebê e mamava várias vezes ao dia eu preparava o pó e água nas mamadeiras e deixava porções comigo na bolsa, as outras na mala. Também levo escovinha de mamadeiras, pratinhos, peneira, colherzinhas, copo. Enfim, tudo que preciso para cuidar da alimentação deles.

Lanchinhos e comidinhas
- Criança no carro ou avião por muito tempo é um desafio, por isso, levo alguns lanchinhos rápidos para entreter: bolachas, biscoito de sal, salgadinhos. Essas bobeirinhas que criança ama eu libero nas viagens. Levo fruta também.
E quando o Pedro era bebê e almoçava, eu abria uma super exceção e dava papinha da Nestlé (acho que devem ser usada em casos extremos). A Marina já começou a almoçar e comer frutinhas, mas no caso dela que mama leite materno e ainda é tão novinha, não tem necessidade.

Brinquedinhos
- Achei legal o que acabei de fazer, chamei o Pedro no quarto de brinquedos, separei uma caixa e pedi que separasse alguns brinquedos que gostaria de levar. O limite era caber na caixa. Ele amou a opção de escolher. Vamos em um carro grande, por isso liberei uma caixa, mas se vai de avião ou carro pequeno, separe uma sacolinha. Também separei uns brinquedinhos para a Marina.

Carrinho de bebê
- Vale a pena levar, independente se vai de carro ou avião. Ajuda muito a descansar os braços, mesmo que seu filho(a) não seja tão bebezinho assim. Dá para passear mais longe, colocar para dormir a noite, se pegam no sono em qualquer lugar é só colocar, sem contar que descansa o corpinho deles e a gente.

Cadeirinha para bebês e assento de carro para crianças
- Sem cadeirinha, nem uma voltinha minha Gente! Esse item é básico para viagens de carro e se você vais de avião e precisa fazer trajeto de carro não se esqueça da segurança de seus filhos.

Bom, ficaria aqui horas dando dicas, mas estava aproveitando a mamada da Marina para escrever esse post e ela já mamou, já dormiu no peito, já acordou e eu aqui.

Bora terminar essa mala, pois saímos de casa de madrugadinha. Ahh! Essa é mais uma dica, a última. Se vão viajar de carro com bebês e crianças saiam no meio da noite ou o mais cedo que conseguirem, assim eles passam grande parte do tempo em viagem dormindo e chegam descansados para curtir as férias.

Beijo minha Gente!
Depois posto dicas sobre ir a praia com bebê pequeno.



Nenhum comentário: