27 de jul de 2008

Grávida no trabalho

CONCILIAR GRAVIDEZ E TRABALHO


A gravidez é um momento delicado - e também muito especial - nas nossas vidas. Nosso corpo sofre inúmeras mudanças e um turbilhão de emoções toma conta dos nossos sentimentos, nos deixando, às vezes, bastante confusa.


Mas a vida não pára, e nós, futuras mamães precisamos continuar exercendo nossas atividades habituais até o fim da gestação, principalmente no trabalho.

Porém, para não prejudicar a vida profissional e muito menos a saúde, alguns cuidados são necessários:


  • Enjôos: Se você está tendo enjôos leve para o trabalho alguns lanchinhos e procure comer a cada duas ou três horas. Isso não significa comer mais, apenas dividir a quantidade de comida que ingere normalmente em pequenas porções. "Prefira os alimentos sólidos, que combatem melhor as náuseas do que os líquidos, e mantenha distância de fumantes", aconselha a obstetra Dra. Maria Rita Lemos Bortolotto. Os remédios não são bons aliados, pois causam sonolência.
  • Alimentação: Leve suas frutinhas para os intervalos, isso vai te ajudar a não cair na tentação de comer tudo que os colegas que te oferecem entre as refeições. Não deixem de tomar água, tenha sempre em sua mesa de trabalho uma garrafinha e encha-a sempre que esfaziar. Pois nós grávidas precisamos estar bem hidratadas para que a bolsa aminiótica tenha a quantidade de líquido adequada, e também para evitar possíveis infecções urinárias. Pausa para um cafezinho? Resista a esta tentação, pois a bebida estimula arritmias cardíacas e piora o enjôo. Se sentir muita vontade, tome apenas um por dia, misturado ao leite.
  • Esforço físico: Se precisar subir escadas ou carregar objetos mais pesados, faça-o vagarosamente e sem prejudicar a postura. No entanto, não se sobrecarregue e peça ajuda sempre que necessário. Prevenir sempre é bom!
  • Equipamentos eletrônicos: Não há indícios de que o computador, o telefone celular ou a máquina de xerox prejudiquem o bebê.
  • Beleza: Gravidez não é sinônimo de andar por ai como se estivesse de pijama, e lembre-se que no seu ambiente de trabalho você continua sendo uma profissional e está sendo observada como tal. Nada de andar largada por aí. Conheci muitas grávidas que iam trabalhar praticamente de moleton, sem batom, com o cabelo sempre preso por falta de vontade de arrumar. Nada disso!!! Esse é um momento de se cuidar, de estar bem com a vida. Siga sua rotina normalmente. Maqueie-se, cuide de seus cabelos, use roupas confortáveis mas não abra mão de roupas bonitas, transadas e que valorizem sua nova silhueta. É linda uma grávida bem vestida, maquiada e que se cuida. Usar salto alto nem pensar, pois prejudica a circulação e a coluna e facilita entorses e quedas. Após o quinto mês, é permitido um salto de, no máximo, três centímetros. As tinturas de cabelo, diretamente na raiz e que usam como composto ativo amônia não são recomendadas, principalmente antes das 16 semanas. O legal é que se você é loira está super na moda a plumagem (pontas mais claras que a raiz) portanto não se preocupe, dá para esperar o tempo recomendado por seu médico, converse com ele sobre isso.
  • Roupas para o trabalho: Dê preferência às roupas frescas e soltas para não incomodar ou restringir a circulação, e a tecidos que não prejudiquem a evaporação do suor. Lembre-se: a gestante sente mais calor! No entanto estamos na melhor fase para as grávidas, a moda nos favorece! Muitas batas larguinhas, roupas de malha são a última moda e hoje em dia é possível usar calça jeans a gravidez toda, se não encontrar uma normal que te sirva, existem lojas especializadas que vendem calças especiais para gestantes. Procure na Bella Mãe que fica na Avenida Raulino Cotta Pacheco, 97. O telefone é: 3219-3553, lá tem ótimas opções. Outra dica é procurar uma boa costureira e colocar em prática seu lado estilista, procure modelos que lhe agradam e abuse do que a moda tem a nos oferecer.
  • Postura: Use cadeiras com encosto, suporte para os braços e numa altura em que as pernas não fiquem nem penduradas e nem dobradas - se for preciso, apóie os pés em um banquinho. Sente-se com as costas eretas, sem forçar a lordose natural da gravidez e, de vez em quando, dê uma voltinha para ativar a circulação. Não fique todo o tempo sentada, de tempo em tempo procure levantar e circular. Por outro lado, se a gestante tiver que passar muito tempo em pé, é essencial usar meias elásticas.
  • Produtividade: Se não estiver com nenhum problema específico, fique tranquila!! A gravidez não trará nenhum impacto para sua vida profissional e produtividade. É claro que nos primeiros meses e no fim da gestação aumenta o sono e o cansaço, mas tente descansar bem nas horas vagas e procure não se estressar ou cansar mais que o necessário. Meu testemunho é que a gravidez me deu mais energia, mais ânimo e nunca trabalhei tanto como nesse ano. A gravidez me deu mais força, me trouxe mais alegria para trabalhar.
O mais importante é curtir esse momento, estar grávida não prejudica em nada seu desempenho e se você trabalha numa empresa que respeita os funcionários com certeza continuará sendo valorizada, estando grávida ou não. Por isso, continue sempre a mesma profissional dedicada de sempre e não se esqueça que esse é o melhor momento da vida da mulher e deve ser tratado com muita sensibilidade.

Nenhum comentário: