20 de fev de 2009

A primeira viagem do bebê...


Oi amigas... desculpe a ausência, estou muito corrida no trabalho, mas morro de saudades de vocês. Também quero agradecer à vocês que visitam e tem deixado uns recadinhos tão carinhosos, deixa e-mail pra gente comunicar mais. ok!

Espero que estejam gostando e me desculpem pela ausência.


Então...


amanhã faremos a primeira viagem com o Pedro, vamos para a casa do Vovô Divino e da Vovó Anginha, no Mato Grosso do Sul, estão todos anciosos demais pela nossa chegada.


Gente!!! Eu não imaginava que para viajar com um bebê necessitava de tanta mala, e olha que levar mala em viagem é minha especialidade, sempre levo um montão... Mas dessa vez coloquei o meu e o LC em uma mala só e as coisas do Pedro em um monte de malas, malinhas, sacolas... affff!!! Mas em nome de Jesus, tudo vai dar certo e teremos um feriadão maravilhoso com nosso pimpolho lindo!!


Algumas pessoas – normalmente as que nunca tiverem filhos ou cujos filhos são mais velhos – pensam que a gente é louca ao viajar com um bebé. Mas uma coisa tem que pensar, não é porque tivemos um filho que ficaremos eternamente em casa, a vida continua.... e continua muito melhor, porque agora temos um motivo maravilhoso pra viajar: nosso bebê. Há avós a visitar e férias a tirar, afinal depois de toda a batalha inicial (parto, cólicas, adaptação, noites sem dormir) merecemos - e nosso bebê também) - um descanso diferente.


Separei algumas dicas da net para as mamães de "primeira viagem" - como eu - que desejam colocar o pé na estrada.


Bebés no Avião
Antes da maternidade, provavelmente foi incomodada pelos gritos e choro de crianças num avião. Agora que é mãe, fica em pânico quando o seu bebé começa a chorar em pleno voo.


O choro deve-se muitas vezes à pressão do ar que se acumula nos ouvidos do bebé. É útil ter algo para o seu bebé chuchar, como uma chupeta ou um biberão, durante a deslocagem e a aterragem.Um boneco de peluche ou outro brinquedo também podem servir de distracção durante a viagem. Tirando isso, e as técnicas que normalmente utiliza para confortar o seu bebé, não há muito a fazer, não vale a pena sentir-se mal por isso.A maior parte das companhias áreas tem taxas para crianças. Se tiver meios monetários para isso, deve reservar um assento para o seu bebé e trazer consigo a cadeirinha do carro dele. Isto não é só muito mais seguro para o seu bebé, como também lhe permitirá ter mais algum espaço para cuidar dele. As companhias áreas normalmente deixam os bebés ir ao colo dos pais, mas se for um voo longo, vai ver que valeu a pena pagar o lugar extra.
Com as medidas de segurança áereas mais apertadas, é proibido levar fluídos na bagagem de mão, mas é aberta a excepção para o leite e comida para bebé.

Bebés no Carro

Não será necessário dizer que tem de ter uma cadeirinha apropriada para o seu bebé quando viaja de carro. Além disso, planeje paradas frequentes para mudança de fraldas e alimentação. Mesmo que viaje com outro adulto, resista à tentação de tirar o bebé para fora da cadeirinha para o confortar. Isso é sério!!!!!!! Em vez disso, pare por um bocado e aproveite para esticar as pernas. É o melhor para todos. Uma dica importante que dou é levar as mamadeiras já com água fervida e filtrada, e aqueles potinhos (se tiver) com a medida certa de pó do leite, assim só depeja. Se seu bebê só toma leite morninho (que não é o caso do Pedro que bebê de qualquer jeito) vale levar uma garrafa com água fervida, filtrada e quente, assim você mistura as duas.

Bebés em Hotéis
Um dos aspectos mais difíceis de viajar com bebés é levar todos os acessórios do bebé consigo. Aff!!! E quanta coisa!!! Se vai viajar de avião e ficar num hotel, considere a hipótese de enviar por correio as coisas para o hotel antes da sua chegada. A maior parte dos hotéis guarda encomendas durante 2 a 3 dias antes do cliente chegar. Enviar as suas coisas por correio pode parecer uma despesa desnecessária, mas é bem melhor do que ter de carregar as coisas todas desde o aeroporto até ao hotel. Ao fazer a reserva no hotel não se esqueça de pedir um berço. Quando fizer o check in verifique que o berço é adequado e seguro. Como os lençóis dos hóteis são por vezes um pouco ásperos, pode levar consigo também roupa de cama para o berço. A textura dos lençóis e os detergentes utilizados para lavá-los podem irritar a pele do seu bebé.

Mas o ideal mesmo é escolher um hotel que tenha a infra-estrutura adequada para receber um bebê, pesquisei e encontrei verdadeiros luxos por não muito caro. Alguns hoteis dispõe de copa da mamãe, com tudo que vc precisa pra preparar a comidinha dele, tem berçario pra vocês descansar um pouco, berço, carinho de bebê, enfim tudo que precisa, sem ter que carregar sua casa para um hotel.


Enfim gente, o negócio é se planejar e pé na estrada. Estou louca pra ver minha família e mostrar meu filhão lindo pra eles....


No retorno conto pra vocês como foi...


BOM FERIADÃO!!!


beijinhos Mey

2 comentários:

Carol disse...

Oi Mey! Que lindo estava o Pedro pronto para viajar e conhecer coisas diferentes!
Ele deve ter amado, não é?
Ver cores e pessoas novas fazem bem para os nossos pequenos!
Adorei a sua mensagem no blog e quero muito que você leia o último post que acabei de escrever.
UM grande bjo e olha, o níver do Paulo Neto de 1 aninho vai ser no dia 16 de maio. Não marca nada pra esse dia, viu!? Você e o Pedro são convidados especiais para nós!
Bjos, de Carol.

Anônimo disse...

Olá Meyriele!
Meu nome é Patrícia, tenho 30 anos, nasci e moro em SP capital. Sou leitora assídua da Revista Marie Claire, em especial da coluna "Eu, leitora".
Acabo de ler seu relato e confesso que fiquei extremamente emocionada. Fui impulsionada a procurar por mais referências suas e encontrei este blog. Seu filhinho é lindo demais! Parabéns!