29 de dez de 2008

Voltar a trabalhar feliz depois da licença-maternidade


Como será díficil ficar sem ele...
Voltar a trabalhar depois de 4 meses juntos, não será nada fácil!!! Mas em todas as coisas "Jesus me fortalece"!

Pois é amigas, depois de 13 meses juntinhos todos os dias (9 meses da gestação e 4 desde que ele nasceu), a partir de segunda-feira, dia 5 de Janeiro será a primeira vez que ficarei longe o dia todo do meu pimpolinho. E não é fácil não!!!

A gente sabe que isso vai acontecer, mas sinceramente acha que a licença à maternidade será eterna... um dia quando menos se espera chega o fim.

Nossa! E passa rápido, no comecinho a gente se envolve com as cólicas, com a adaptação de ter um bebê em casa... e depois quando passa os 3 meses a gente começa a curtir pra valer, porque daí que ele começa a sorrir, fazer gracinhas, te reconhecer, pegar no seu rosto, sorrir de um jeito especial quando ouve a sua voz... e tudo isso se torna impossível de viver sem.

 
Cada minutinho que passo ao lado do Pedro é especial, e cada minutinho que vou passar longe será estranho, saudoso e um pouco infeliz.
O fato é que por mais que a gente não queira pensar, esse dia chega e temos que estar preparadas.
O mais importante é ter segurança para deixá-lo, saber que a pessoa que vai cuidar do nosso bebê vai cuidar bem (não como a gente, porque isso nunca reconheceremos), mas precisamos confiar.

Eu escolhi deixar em casa, me dá mais segurança, flexibilidade. Para isso, contratei uma babá. Não foi fácil, passei por 3 antes de chegar na que estou. Tinha dia que eu chorava e pedia à Deus pra enviar uma pessoa que cuidasse bem do meu filhinho... Depois de muitas lágrimas acho que estou acertando com a que está hoje, ela é cuidadosa com o Pedro, atenciosa, inteligente (babá não pode ser ignorante não, tem que ter noção de muita coisa) e o mais  importante, tem que gostar de criança. 

A daqui de casa é louca com o Pedro e ele responde bem ao carinho dela, eu confio que ela vai cuidar muito bem dele. Mesmo assim, deixarei ela com o Pedro um tempo na minha sogra, até que ele fique maiorzinho.
É assim, a gente nunca vai achar que está bom, porque pra gente a melhor pessoa pra cuidar de nossos piquititos somos nós mesmas!!!


Para esse momento delicado, tem algumas dicas importantes que encontrei na net e separei: (Fonte: Site Crescer)


 
- 10 atitudes para voltar a trabalhar feliz depois da licença-maternidade:

1. Saber que, por mais que o começo seja difícil, você vai ser mais feliz, e até uma mãe melhor para seu filho, se estiver realizada profissionalmente.
2. Lembrar-se de que é mais importante a qualidade do tempo que você fica com a criança do que a quantidade.
3. Confiar plenamente em quem cuida do bebê, seja a babá, os avós ou o berçário que você escolheu.
4. Organizar seu horário para almoçar em casa ou voltar a tempo de colocar o filho na cama.
5. Checar a possibilidade de trabalhar alguns dias em casa, mesmo que seja meio período. Algumas empresas aceitam esse tipo de acordo. Todos lucram: mãe, bebê e o trabalho também.
6. Acreditar que você e seu filho ganham com o emprego – estamos falando mesmo de dinheiro e de oportunidades.
7. Trabalhar concentrada e fazer o tempo render para matar a saudade logo!
8. Ligar para casa algumas (muitas!) vezes ao dia para saber como o bebê está.
9. Conversar com as amigas que já passaram por isso. Conselhos e colo (para você, nesse caso) serão muito bem-vindos.
10. Exorcizar a culpa. Ela não ajuda em nada e você acaba gastando energia à toa.

6 comentários:

Danimi disse...

ô amiga ... q luta heim? Deixar o pequenino não vai ser fácil, mas ele ficará bem.
Q Deus abençoe seu retorno e q Deus esteja no controle de todas as coisas.

Bjuuuu

Carol disse...

Oi Mey!
Primeiro, obrigada pela sua msgm que você me enviou e desejo a você e a sua família tudo de maravilhoso em 2009, muita paz e muita saúde!
Fiquei muito feliz em ler o seu blog, sobre a sua conquista do seu peso de volta e sobre a dificuldade de voltar a trabalhar.
Eu estou a 5 kilos do meu peso ideal, mas difícil é a barriguinha né? Você conseguiu voltar a sua?
Pois é amiga, eu ainda não consegui voltar ativa na agência, estou segura de que quero ficar mais um tempo com o meu pequeno, é muito difícil mesmo. Só quem passa por isso que sabe o quanto é complicado. Mas e você? Como você está fazendo com o seu tempo agora para ficar com o Pedro e para malhar? Preciso saber de quem está passando por essa situação agora para ver como será comigo daqui alguns meses. Me responde lá no blog do Paulo Neto, OK? Bjos e fica com Deus. E você está linda!

Blog da Deinha disse...

Amiga, eu posso imaginar o aperto no coração. Tava pensando em vc esses dias, e justamente nisso.
Bjinhos com saudade.

Laís Mussarra disse...

Deu uma olhada geral no seu blog e achei DEMAIS!!! Parabéns pelo seu lindo filho Pedro e saiba que vc esteve linda em toda a sua gravidez!!
estou grávida de quase 6 meses e muito ansiosa!ri demais no seu post que falou como é difícil se olhar no espelho depois de ter o bebê!! mas tudo volta ao normal, certo!? rs!
beijao e saúde

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Clara Marcília disse...

A pior fase que senti nem foi essa do fim da licença. Foi a que passo agora, quando minha pequena sabe que eu vou sair... escrevi em http://mamaeagora.blogspot.com