8 de jul de 2011

Mamãe, solta o cabelo!


Aiiii que delícia voltar a postar...
Estava no twitter e vi que uma amiga minha postou que o filho dela de 3 anos pediu para ela soltar o cabelo. Gente, tem base? Tem sim. Isso me fez parar para pensar o quanto é importante a gente se cuidar, não deixarmos de lado alguns detalhezinhos femininos, mesmo após a maternidade.
Sei o quanto é difícil a gente estar sempre linda depois que temos um bebê e até mesmo com os filhos mais crescidos.
Logo quando o Pedro nasceu eu não tinha cabeça para mais nada, dormia mal, acordava cedo e as vezes me pegava lá para às 14h de pijama, sem pentear o cabelo e com aquela olheira enorme. Coitado do meu marido!

Só quem é mãe sabe o quanto a vida é corrida, mesmo porque nossos papéis não se restringem somente a maternidade, somos donas de casa, esposas e em muitos casos ainda trabalhamos fora. É uma prova de fogo conseguir conciliar isso tudo e ainda estar sempre bela, magra e cabelos alinhados, de preferência soltos (risos). Eu  já disse aqui que ser mãe despenteia.


Mas então, como se cuidar, quando a rotina com filhos, casa, marido e trabalho rouba todo o tempo extra? Selecionei algumas dicas,o importante é não deixar a peteca cair.

1- Em primeiro lugar entenda que alguns momentos são passageiros: se você teve um bebê a pouco tempo relaxe e tenha em mente que o que você está passando é uma fase, e por incrível que pareça você vai sentir falta disso. O importante é  dedicar ao bebê,  curtir cada minutinho. Não é momento para neurose com peso, se cuide, se alimente de forma saudável, mas sem neura.  Não fique chateada se as roupas ainda não servem, vai usando as que tem, aos poucos e no tempo certo tudo volta a ser como antes.

2- Escolha um momento só seu: você precisa ter uns momentos pra se cuidar e relaxar. Tem umas que precisam e podem ter um tempinho diário pra isso, mas outras podem escolher um dia da semana. Reserve um tempinho para você, nem que seja um banho mais demorado, com direito a esfoliante, hidratante e um tempo a mais para escolher uma roupa, cuidar dos cabelos. Não tenha medo de delegar, peça ajuda para o Papai, ou se tiver uma ajudante, programe para ela ficar um pouco mais com o bebê para você poder se cuidar.

3- Não deixe de se cuidar por ter filhos. mas também não fique tão neurótica com o lado estético. Precisamos equilibrar esses dois lados. Seu corpo pode ter mudado, mas você ainda é a mesma mulher interessante de antes, e agora ainda mais experiente. Invista nas suas potencialidades, lance mão do seu batom preferido, solte os cabelos, coloque aquele salto alto que você tanto gosta, faça as unhas com cores novas. Matricule-se em uma academia, aula de dança ou comece as caminhadas pela visinhaça, mesmo que seja empurrando o carrinho. Exercícios físicos promovem um bem estar enorme e de quebra fará você se sentir mais amiga do seu corpo.
 
e por fim...
   
4- Namore seu marido: nem que seja depois que se filho dormir, nem que seja para deixar as crianças na casa da sogra por duas horinhas, mas é importante dedicar um tempo para curtir o maridão, um tempo só para vocês dois se curtirem. Se arrumar bem bonita, colocar uma roupa legal, sair para jantar, reviver os tempos de namoro. Por que não? Isso será legal para você, e para ele também. Não se sinta culpada de deixar a prole, pode ter certeza que para ele é muito mais seguro que os pais sejam felizes.



Bom é isso amigas, queria deixar esse recadinho. Para que a gente não se esqueça de curtir a vida boa que Deus nos deu, para que saibamos aproveitar cada minutinho, sem perder nada. E se possível for, de cabelo solto, lindas e vibrantes.

com carinho, Mey

8 comentários:

Driii Borges disse...

Amei amiga seu post...realmente tudo passa.
Vale lembrar que quando ficamos grávidas tb passamos por estes "desleixos" por diversos motivos como: enjôos, dores, repousos e etc.
Com certeza começarei a soltar o cabelo...rsrs.
Saudades mil. Amo-te!
Beijosssssssssss

MaH disse...

Oieee Mey!!! Adorei o post... mesmo porque ainda nã tenho essa vivência do depois e mesmo eu pensando agora que não vou querer para de me cuidar, parece que deixamos isso meio de lado, né?
Bjao

Sandra Hellen disse...

Esse negócio de cabelo solto é complicado por aqui...a criança ADORA segurar com força no cabelão da mamãe aqui...rs rs. Daí cabelo solto só quando é algo especial e o bebê vai para os braços do papai..rs rs.
Mas é isso mesmo, depois da chegada do bebê a gente dá uma surtada e se esquece, mas depois tudo vai se ajeitando e a mulher esquecida começa a surgir novamente!!!
Valeu pelas dicas!

Beijos

Carol Siqueira disse...

Ei, amiga! Quando eu comecei a ler este post eu já sabia que era eu, a mamãe do cabelão!!! Mas é isso mesmo amiga! Eu estou aprendendo todos os dias novas formas de ser mãe e tenho certeza que me cuidando mais e me dando mais tempo estou cada dia melhor para o Paulo Neto! Bjos amiga :) Fica com Deus!

Mina disse...

Seu post foi muito reconfortante para mim, não tinha me dado conta de que tudo é passageiro principalmente esse começo quando o bebê exige muito da nossa presença , constante! Dicas ótimas, muito obrigada!
beijos , voltarei mais vezes!

Mey disse...

Nosso!!! Leio os posts de vocês e fico emocionada. Bom demais ver vocês participando.
Quem é mãe, ou já está se preparando para isso, já sabe, ou pode calcular, o quanto as nossas vidas ficam corridas. Mas é isso aí, temos que reservar um tempinho para chamar de só nosso.
De vez em quando é bom respirar outros ares e o melhor, sem culpa.
PENSEM NISSO E SE DIVIRTAM!

Claudinha disse...

Oi Mey , encontrei seu blog ontem enquanto navegava neste universo da maternidade ... ameiiii, estou a espera do segundo herdeirinho do Senhor , estamos muiiito felizzzz!!!
Continue dividindo com agente suas idéias e experiencias voltarei sempre.

Um grande bjo , Deus abençõe vc e seu lar!!

Ministério de Mulheres I.F.B disse...

AMEI SEU O SITE..JÁ ESTOU SEGUINDO...TENHO UMA PRINCESA (angel) DE 10 ANOS E UM BEBE(joão)DE 7 MESES...ESTAREI LENDO AOS POUCOS SUAS POSTAGENS ...BJSSS TENHO UM BLOG PASSA LÁ BKSSS DEUS TE ANBENÇOE !! www.ministeriodemulheresifb.blogspot.com.br