19 de jun de 2012

Achocolatados e cereais matinais tem açúcar demais


Queridas Amigas!

Como toda mãe eu me preocupo muito com alimentação do Pedro. Restrinjo doces, salgadinhos industrializados e certas bobagens no meio de semana. No final de semana também fico de olho para não exagerar.

Aqui em casa não temos hábito de trocar as refeições por lanches. Nuguets e miojo só em caso de emergência suprema, e ainda assim nunca uso o tempero do macarrão instantâneo, pois tem muito, muito sódio para uma criança, eu sempre tempero com tomate natural, alho e pouco sal. McDonalds tem uma regra: no máximo uma vez a cada 15 dias. Danoninho, bolachas recehadas, certos cereais eu vigio a quantidade, pois tem muita açúcar.
O resultado disso tem refletido na saúde do Pedro, que tem passado quase ileso pelas gripes e resfriados, nunca adoeceu seriamente e tem peso e tamanho super adequado para a idade. Graças a Deus!

Mas nem sempre a gente faz tudo 100% certo, por correria do dia a dia ou até mesmo por falta de informação. Uma coisa que permito na alimentação do Pedro e não tenho controlado bem é a quantidade de Nescau do leite e cereais matinais. Só que nessa semana eu lí uma matéria e fiquei chocada. O artigo falava sobre a quantidade de açucar e sódio nesses dois alimentos em específico: achocolatados e cereais matinais.

Segundo a pesquisa feita pela ProTeste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - das 11 marcas de achocolatados avaliadas, nove tinham açúcar em excesso, o que, segundo a entidade, pode provocar cárie e obesidade nas crianças.
A engenheira de alimentos da ProTeste, Maria Carolina Guimarães alerta que a cada copo pequeno de achocolatado a criança consome 84 calorias, o que corresponde a 38% da quantidade de açúcar que deve ingerir por dia. A criança que toma três copos/mamadeiras de 200ml terá ultrapassado o consumo de açúcar que pode beber por dia. "As mães devem controlar o consumo", ela alerta.

O problema, apontado pela ProTeste, é que no Brasil não existe lei estipulando o total de açúcar que o fabricante está autorizado a colocar no produto. Por isso, os fabricantes colocam a quantidade que desejam, principalmente por saberem que o consumidor brasileiro gosta de produtos adocicados. Nescau em pó e líquido, Nesquik, Garotada, Mágico, Toddy em pó e líquido, Parmalat, Danette, Choco Milk e Milkybar foram as marcas analisadas.
Eu dou Nescau no leite do Pedro já tem um bom tempo, e nunca pensei no quanto essa questão da quantidade do açúcar é séria. Imediatamente cortei para menos da metade de uma colher de sopa rasa, agora estou colocando só pra dar uma alegria no leite mesmo.

Outro vilão da alimentação saudável são os cereais para criança que tem sódio e açúcar demais.O Pro Teste analisou 18 produtos com maior presença no mercado de alimentos infantis e a maioria dos produtos contêm açúcar e sódio em excesso e poucas fibras.
Pasmem!! Uma porção de 30 gramas de sucrilhos de chocolate da Kellogg's (uma tigelinha), por exemplo, tem 205 mg de sódio. Uma criança de um a três anos deve consumir, por dia, no máximo 225 mg desse mineral - ou seja, uma única porção equivale a 90% das suas necessidades diárias. Para um adulto, essa quantidade de sódio representa 10% das necessidades.


Na avaliação da Pro Teste, todos os cereais matinais também têm açúcar em excesso -de 5,5 a 13 gramas por porção. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o ideal é que uma criança de até três anos consuma, no máximo, 14 gramas por dia de açúcar.
Presente no sal e base para conservantes, o sódio em excesso está ligado à hipertensão arterial e a problemas renais. Já muito açúcar tem relação com obesidade e diabetes tipo 2.

Bom meninas, eu fiquei assustada com essas informações, a gente precisa conhecer mais o que vai para o prato dos nossos filhos. De agora para frente vou ficar mais de olho, ler mais os rótulos para controlar açucar e sódio na alimentação do Pedro. Estou bem mais curiosa sobre esse assunto e pretendo ir compartilhando minhas descobertas aqui com vocês. Ok?

beijinhos menos açucarados hoje...
Mey

Nenhum comentário: