9 de mai de 2011

Minha vida antes de ser Mãe.


Oiii Amigas queridas!
Como foi o Dia das Mães?

Espero que tenha sido muito gostoso, pois não imagino outra forma de qualificar um dia repleto de mimos e carinhos como esse.
O meu Dia das Mães foi cheio de cheirinhos e muitos, muitos "Mãeeeeee!!!!". Do jeitinho que eu gosto. Passei o dia com o Pedro e minha Mãe na casa de uma Tia muito querida.

Fico agradecendo à Deus por ser Mãe, e me pergunto como eram os meus dias antes dessa benção. Cheguei a conclusão que uma série de coisas que dão sentido a minha vida não aconteciam antes do Pedro nascer. Que hoje eu sou uma pessoa melhor, mais completa e estou cada vez mais perto de Deus.
Pensei em tantas coisinhas novas que acontecem na minha vida desde o meu primeiro Dia das Mães e o quanto isso tudo me preenche e me faz uma pessoa mais feliz.
Lembrei da minha angústia e busca para ser mãe e no tempo interminável que tive que esperar a benção. Também lembrei das vezes que me pego reclamando de estar cansada, pois filho cansa, mas é um cansaço reconfortante.

Pensando em tudo isso, resolvi compartilhar um texto lindo que minha cunhada me enviou por e-mail, que fala justamente de coisas que preenchem nossas vidas depois que somos mães.
Muitas de vocês devem conhecer, pois é muito divulgado. Pórém, vale a pena ser lido e relido, pois é exatamente a melhor expressão de nosso maravilhoso universo de mães e o quanto somos abençoadas com uma rotina de muito amor retribuição divina.


Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes.
Eu não tinha roupas manchadas.
Eu tinha calmas conversas ao telefone.
Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queria e nunca me preocupava com a hora de ir para a cama.
Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes.
Antes de ser mãe eu limpava minha casa todo dia.
Eu não tropeçava em brinquedos
nem pensava em canções de ninar.
Antes de ser mãe eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas ou não.
Imunizações e vacinas eram coisas em que eu não pensava.
Antes de ser mãe ninguém vomitou nem fez xixi em mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas.
Antes de ser mãe eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos.
... eu dormia a noite toda ...

Antes de ser mãe eu nunca tive que segurar uma criança chorando para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.
Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam. Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha.
Eu nunca fiquei sentada horas e horas olhando um bebê dormindo.
Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só por não querer afastar meu corpo do dela.
Eu nunca senti meu coração se despedaçar quando não pude estancar uma dor.
Eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a minha vida.
Eu nunca imaginei que pudesse amar alguém tanto assim.
Eu não sabia que eu adoraria ser mãe.
Antes de ser mãe eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do meu próprio corpo.
Eu não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto.
Eu não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança.
Eu não imaginava que algo tão pequenino pudesse fazer-me sentir tão importante.

Antes de ser mãe eu nunca me levantei à noite a cada 10 minutos para me certificar de que tudo estava bem.
Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor, a dor e a satisfação de ser uma mãe.

Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.
Por tudo e, apesar de tudo, obrigada, Deus , por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo.

Obrigada Deus por permitir-me ser Mãe!
Abençoe as minhas amigas que desejam um filho, que buscam essa benção. Mostre a elas meu Pai o quanto o Senhor é poderoso e pode no tempo apropriado dar filhos a todas que esperam no Senhor.

A palavra de Deus fala que nós temos que trazer a lembrança o que nos traz esperança, por isso convido vocês a ler o post sobre o meu primeiro dia das mães.

Com carinho, Mey 

2 comentários:

Gabizinha disse...

Que linda mensagem, amiga!!!! Parabéns! Beijos, Gabi.

MaH disse...

Olá Mey! Lendo seu post me peguei pensando em como será minha vida quando meu bebê nascer. Mesmo agora já tendo mudado tanto minha vida, sei que a mudança maior virá quando ele(a) estiver aqui no meu colo. Eu já amo ser mãe, mesmo sem ter o nenê no colo. :)
Adorei a foto ficou linda!
Beijos